10 janeiro 2006

Manuel Alegre - O Candidato (II).


O meu voto vai para o direito à diferença, à alternativa, à mudança, ao inconformismo, à coerência, à elegância no comportamento, à quebra do poder e dos direitos habitual e indevidamente instalados.
Ouve-se constantemente dizer que os políticos são todos iguais, que nada muda neste país e que é um caso perdido. Pois aí está um homem claramente diferente: fala das suas ideias e do que acha melhor para o país, e não perde tempo a criticar os outros candidatos... nem que fosse só isso, já fazia a diferença. Mas não! Tem uma coerência pragmática no discurso e na ideologia que o torna claramente um candidato a PR tão superior como distinto face aos outros. Perante isto, não tenho dúvida que é a melhor opção, além de ser uma excelente opção.
E agora, vão fazer alguma coisa, ou vão limitar-se a continuar a criticar o que os outros fazem, ou não fazem, com a vossa autorização?...

"...todos, todos, podem ser senhores e não escravos do destino. Isto aplica-se a pessoas, empresas e países. Nada é constante, excepto a mudança. E o futuro pode mudar. Para melhor ou para pior, dependendo do que se faz no presente. Lamúrias? Queixas? Desculpas? São a matéria-prima de que se faz o insucesso. O sucesso, pelo contrário, é feito de outra argamassa: pensar, actuar, acreditar, persistir. A sorte bate (às vezes) à porta? Sem dúvida. O azar também? Seguramente. Mas o que decididamente desequilibra a vida a favor do sucesso ou do insucesso não vem de fora. Vem de dentro. Vem de nós. A vida é o que fazemos dela...".

José Manuel Mendonça
(Movimento Hiep-Khi-Vo-Dao - As Artes Marciais e a Vida, 15/10/2003)

Pensem nisto antes de decidirem em quem votam...

Sérgio

P.S.: Movimento Jovem de Apoio à Candidatura de Manuel Alegre http://www.movimentoja.com/.

3 comentários:

darth vader disse...

It's only fot young people or can I get in to?...

diácono remédios disse...

Tudo bem, hip!... desde que não votem nos bermelhuscoszeze... hihihi... tudo bem! O Louçã julga-se Deuszeze... e o cassete Jerónimo... devia ir dançar para cima das mesaszezes... hhihihi... como naquela passagem de anosze em que bebeuze uns copitosze a maiszeze... hihi... hip!

Solariso disse...

Todos juntos vamos dar uma surpresa ao Prof. Cavaco Silva no dia 22.

Os que as pessoas também deviam recordar é que o candidato da direita que sempre foi Prof. Universitário, no tempo em que era Primeiro Ministro, foi quando os estudantes levaram o maior arreial de porrada da história.
Vamos entregar a Presidência da República a esse homem?
E na Marinha Grande? e o buzinão na Ponte 25 de Abril?
Será que as pessoas se esquecerem do tipo de homem que é Cavaco Silva?

Ele pode ser competente e sério, não ponho isso em causa, mas é do tipo posso, quero e mando...tendo demonstrado sempre em que as suas ideias divergiam da maioria uma grande insensibilidade.

E mais...
Com Cavaco Silva, em caso de mais conflitos internacionais, caso os EUA estalem os dedos a pedir tropas, podemos ter a certeza que independentemente da causa ser certa ou errada as nossas tropas serão enviadas para terrenos de conflito.

e podiamos estar aqui o dia todo a argumentar porque Cavaco não nos servirá.