27 janeiro 2006

Conflitos de um Velho Índio.


“Uma vez, um ancião índio descreveu os seus conflitos internos desta maneira:

- Dentro de mim existem dois cães. Um deles é cruel e mau. O outro é muito meigo e dócil. E eles estão sempre a lutar...

Como terminou esta frase um tanto abruptamente, de imediato um dos índios mais jovens questionou o ancião:

- E qual dos dois ganha as lutas?

Ao que o índio ansião respondeu:

-...aquele que eu alimentar...”


É sempre mais fácil alimentar o cão mau... com menos esforço ele consegue derrotar o bom.

O Bem nunca esteve do lado das coisas fáceis... mas quem gosta de coisas fáceis?!

Sérgio

3 comentários:

Solariso disse...

Quem gosta de coisas fáceis?

Basta olhar à nossa volta e ver quem gosta de coisas fáceis e quantos gostam de coisas fáceis. Numa sociedade alimentada pela futilidade e pelo consumo irracional, parece-me que o cão mau leva grande vantagem e se encontra muito melhor alimentado.

Blogmaster disse...

Cada um alimenta o 'bicho' que quer, traçando a todo o minuto o seu destino...

rn disse...

Eu não gosto de coisas fáceis, mas também era bom de vez enquando existirem....