29 janeiro 2007

Bazar - Porto - Sábado à noite.

No Sábado à noite fui jantar com um amigo de longa data, que agora vive em Espanha.

Depois de jantar resolvemos ir beber um copo. Fomos ao Bazar... algumas notas curiosas:

- Havia uma festa especial e o bar tinha 2 ambientes distintos: onde a música era boa, a sala estava cheia, era desconfortável e tinha um monte de gente a divertir-se à grande; onde a música estava desconsolada (dance music sem grande interesse), havia bom ambiente, pessoas bonitas e podia-se estar bem, sem ser esmagado ou correr o risco de alguém nos virar uma bebida em cima (as mulheres bonitas estavam todas aqui)... mas ninguém se estava a divertir muito.

- As mulheres que acho bonitas, acabo por reparar no momento seguinte que são demasiado novinhas para mim; as mulheres que nem me chamam a atenção, acabo por descobrir que são da minha idade.
- O bar é labirintico e em caso de emergência não se consegue sair de lá.

Conclusão final: estou velho e não saiu mais à noite a partir de hoje!

Sérgio

7 comentários:

CarpeDiemBeHappy disse...

Ehehe..conheço perfeitamente o Bazer...já não vou lá há muito tempo, aliás a noite no Porto para mim quase que acabou. são poucos os espaços onde uma pessoa se possa enquadrar e divertir!!

Hoje em dia, para cada lugar que se vá só se vê pessoas muito mais novas...enfim, é a idade a avançar (a nossa)...mas que não seja por isso que se deixe de sair!! Por as pessoas da nossa idade assim pensarem é que não se vê nenhuma alma pela noite...e quando se encontra é caso para dizer "também estás cá?"

Beijinhos

C.A.R.L.O.T.A. disse...

Oh não digas isso!!! como eu costumo dzr ngm é velho apenas já tem idade... mas isso e só a partir dos 65!! não é o teu caso por isso continua a divertir-te e se uma rapariga mais nova te achar interessante... não há crise(desde que seja maior) ... se for da tua idd também e bom se for mais velha... e se for rica aproveita..LOOOL
Mas nunca deixes de sair por achares que és velho!!! Porque na verdade és jovem e por isso e que gostas de sair!!

Anónimo disse...

Bem...q drástico!!!Velhos são os trapos!!!Tb vou fazer 34...e não me acho nada velha!!!E adoro sair á noite...
Mas entendo esse teu desalento c as ninas...c uma namorada maravilhosa como a tua...não podias encontrar nada q te chamasse a atenção,de facto!!!ehehehehe
Bjokas da cota p o cota
Cristina

hala_kazam disse...

tcs tcs....
nao foste foi ao sitio ideal...

um dia destes convido-te para um copo ...
:)


*beijos*

Carracinha linda! disse...

Esse sítio não conheço. Nem sequer sou do Porto.

Achas que estás velho e por isso já nunca mais vais sair à noite? Que tonteira! Velhos são os trapos.

Eu cá acho que existem sitios a que gostamos de ir com uma certa idade, mas que com outra já não gostamos tanto. Talvez então esse sítio não tenha sido bom. Mas o que mais há para aí são sítios onde se pode tomar um copo num bom ambiente e sem grandes confusões. Eu confesso que não saio nem gosto muito de sair para ir "curtir" a noite. Discotecas, não gosto. Agora não dispenso um bar calmo onde possa estar sossegada com os meus amigos. Onde possa falar e onde consiga ouvir os outros.

É tudo uma questão de procurar outro sítio!

Beijinhos

Anónimo disse...

Eu a fazer uma pesquisa ao bazar, pra ver se valeria a pena ir lá e dou com isto... mas como não interessa como vim cá parar, quero agradecer a dica! De qualquer forma tenho de ir lá (ver pr'a crer:))... Até percebo como te sentes, eu tenho 26 anos e estou sempre a dizer que estou velha pr'as nights, especialmente quando, à minha volta, só vejo teenagers de 13/14 anos... mas não é por isso que deixo de sair:) Não passo sem um pézinho de dança e até aos 110 anos tou aí pr'as curvas:)))))

Bjs,
Mara

PS: Para bem da Humanidade prometo divulgar o blogue:) se me lembrar...

CARMO disse...

Mara, sê bem vinda a estes lados!
Aconselho-te a ires ao Bazar sem hesitações. É um excelente bar; dos melhores que podes encontrar no Porto. O texto é mais irónico que outra coisa... é um local onde me sinto bem. Recentemente gosto mais da Casa do Livro... mas são gostos!
Obrigado pelo comentário e aparece mais vezes!
Beijinho,
Sérgio