12 julho 2008

Rickie Lee Jones

Depois de um período longo sem escrever por aqui, parece que a inspiração regressou...

Photobucket

Hoje à noite vou à Casa das Artes de Famalicão, ver e ouvir uma voz que me acompanha desde a infância. Ela mesmo, Rickie Lee Jones! A voz de menina sob a divagação do jazz-pop e do swing.

Já com 54 anos, mantem a mesma voz de minina e melhora a originalidade que sempre a caracterizou. Acompanhei a sua evolução musical desde o 1.º trabalho de 1979. Os ábuns sucedem-se com uma componente melódica invulgar. O ritmo jazz é suave e sincopado. A voz, essa é única e liga as duas componentes anteriores, da forma que só mesmo ela o sabe fazer.

Em 1989 faz um álbum fora de série: flying cowboys. A partir daí deixei de saber dela... Por incrível que pareça, desde então editou 9 álbuns!

Longe vão os tempos em que a sua beleza física encantava tanto quanto a sua voz, mas mesmo assim, é com grande curiosidade que logo vou estar frente a frente com esta respeitável senhora de 54 anos!


Sérgio

1 comentário:

Carla Geraldes disse...

Pois pois ... a que se deve esta inspiração? eheheh

Foi giro?
Beijoca