21 maio 2009

Serenatas.

Fazer uma serenata à mulher dos meus sonhos foi sempre um "sonho" também para mim. Como toco mal viola e canto horrivelmente, nunca me arrisquei a fazê-lo.

Foi preciso chegar aos 36 anos para conseguir dar esse passo, ainda que acompanhado pela Fabulástica Tuna REMAX; a verdade, é que já noutras alturas poderia ter feito o mesmo com outros amigos... provavelmente só agora o meu coração bate com tal intensidade, que me deu coragem para ultrapassar os constrangimentos inerentes... Expor-me aos meus amigos... expor-me à pessoa que amo... expor-me à filha da pessoa que amo... e mesmo assim conseguir tocar e cantar sem desafinar, para não estragar a excelente sonoridade dos outros músicos.

Engraçado como um acto tão romântico e tão emblemático caíu praticamente em desuso... não me lembro de ouvir uma serenata desde os tempos de faculdade, em que assisti e participei em algumas, realmente dignas do nome! Refiro a trovadores enamorados portadores de vozes capazes de fazer brilhar o "sol da meia noite"; solistas fantásticos!

Podia-se dizer que as "donzelas" e os "trovadores" agora já não são solteiros... nem casados... são até divorciados ou casados pela segunda vez e até têm filhos! E este facto dá à serenata um encanto ainda maior... seguramente estas "donzelas" e estes "trovadores" sabem dar um significado muito mais especial a este acto de demonstração inequivoca de amor, do que os "tradicionais"... que se limitavam a ficar orgulhosos pelo acto de exposição em si.

Pessoalmente, não me lembro de estar tão nervoso... também não me lembro de estar tão feliz por ter feito algo dedicado a alguém... Foi um momento único; a partir do momento que começamos a tocar, tudo fez sentido: o desconforto desapareceu e o ar envergonhado da Su... valeu por tudo!

Igualmente fiquei impressionado com a disponibilidade do grupo que me acompanhou... não sei como vou agradecer-lhes ou se algum dia vou conseguir retribuir o que fizeram por mim...

Por momentos fui o "homem mais feliz do mundo", por ter feito algo que sonhei e tanto desejava fazer em admiração a alguém tanto quero. Mesmo assim, demorou algum tempo até os dois descontraírmos de todo aquele conjunto de emoções... Fiquei ainda mais feliz quando a Su me diz que era também para ela um "sonho" que algum dia lhe fizessem uma serenata... É mais uma daquelas sintonias únicas que temos...

Sejam românticos! Façam serenatas! Dêem cor às vossas vidas e aos vossos relacionamentos. E quando precisarem de ajuda, liguem!

Sérgio


C G
Linda donzela vem à janela que a tuna passa
G7 C
Ouve este canto que o teu encanto enche de graça
G7 C C7 F Fm
Olha p'ra lua que noite é tua e o trovador
C G7 C E7
Enamorado canta enlevado trovas de amor.

Am E7
São teus cabelos ondas que o Douro leva p'ró mar
Am
Lento embalo de melodia que faz sonhar
A A7 Dm
Barcos Rabelo feitos da esperança de um teu olhar
Am E7 A G7
E a tuna ronda junto à Ribeira p'ra te cantar.

Linda donzela vem à janela que a tuna passa
Ouve este canto que o teu encanto enche de graça
Olha p'ra lua que noite é tua e o trovador
Enamorado canta enlevado trovas de amor.

Levo nos olhos a tua imagem brando fulgor
Levo a saudade deixo esta trova ao teu amor
Põe um sorriso, não te entristeças se a tuna parte
Que o estudante eterno amante virá cantar-te.

Linda donzela vem à janela que a tuna passa
Ouve este canto que o teu encanto enche de graça
Olha p'ra lua que noite é tua e o trovador
Enamorado canta enlevado trovas de amor.

Fm C G7 C
Enamorado, canta enlevado trovas de amor.


5 comentários:

Lover disse...

uau!!! que máximo!

Parabéns Serginho, já raro!!!!

A mim fizeram-me uma aqui em Coimbra, inesperada, uns vizinhos desconhecidos...mas acelarou-me o coração...lindo!!!

Bom fim-de-semana!!!

e não viveram felizes para sempre... disse...

:) pois parece que este ano os astros não se enganaram e os balanças ganharam asas e andam mais vezes a voar do que propriamente com os pés na terra.
fico feliz por ti e pela tua Su, e quem sabe qualquer dia vou recorrer aos serviços de tão distinta tuna para surpreender um cavaleiro que me faz sentir uma princesa...
(felicidades...muitas)

CARMO disse...

Olá Conceição!
Parece que desta vez sempre vamos "viver felizes para sempre"!
Beijinho

Anónimo disse...

Só quem já teve uma serenata na vida, pode saber o efeito que ela tem.
Também eu já depois dos 40, com filhotes crescidos, recebi como uma adolescente a serenata que me foi dedicada. Tratada com uma Raínha, agradeço ao meu principe que assim me faz sentir especial.

Paula Monteiro disse...

Olá Sergio.
Uma vez que dei uma voltinha por aqui, não quero deixar de dizer que foi com enorme prazer que acompanhei a tão famosa Tuna REMAX nessa noite memoravel.
Adorei faze-lo por ti, pela tua felicidade, pela pessoa maravilhosa que és, e pela alegria que se sentia e via estampada no teu rosto , pelo espirito de grupo que temos vindo a fazer crescer desde que nos conhecemos como membros da Tuna Remax e claro pela tua amada que tem uma sorte imensa por ter um companheiro como poucos.
Bem haja ao romantismo, bem haja ao amor, bem haja a ti por nos arrastares para esta aventura.
Um abraço
Paula Monteiro